Vista de cima de mão de mulher sentada comendo um prato de salada. No chão de madeira, uma garrafa de água, corda de pular, uma fita métrica, e uma tábua com legumes e vegetais
1 2 3

Continuação

Recomendações para a prevenção do câncer

Com base nas evidências, o comitê criou uma lista de recomendações que incluem aspectos da dieta, atividade física e peso. Elas devem ser adotadas em conjunto, ocasionando uma mudança no estilo de vida que resulta na redução do risco de câncer.

Além disso, doenças cardiovasculares, deficiências nutricionais, obesidade, diabetes e outros problemas também podem ser evitados pelas mesmas medidas.

Recomendações para a prevenção do câncer

1- Manter um peso saudável

O controle do peso e a prevenção da obesidade devem começar desde a infância, mantendo o peso no limite inferior da faixa recomendada.

Para atingir esses objetivos, deve-se adotar uma dieta saudável e praticar atividades físicas regulares. Além disso, deve-se limitar o consumo de fast foods, comidas processadas e bebidas adoçadas.

2- Praticar atividades físicas

A prática de atividades físicas reduz diretamente o risco de câncer de cólon, mama e endométrio. Por controlar a obesidade, os exercícios também reduzem indiretamente o risco de outros tipos de câncer.

A recomendação da Organização Mundial de Saúde para adultos é praticar pelo menos 150 minutos por semana de atividades aeróbicas moderadas, ou 75 minutos por semana de atividades intensas.

Crianças e adolescentes precisam de 60 minutos por dia de exercícios físicos. Para prevenção do câncer, quanto mais exercício, melhor!

3- Dieta rica em cereais integrais, vegetais, frutas e grãos

Recomenda-se o consumo de, pelo menos, 5 porções de vegetais e frutas por dia, totalizando 400 mg. Inclua na maioria das refeições:

  • Cereais integrais: arroz, trigo, aveia, cevada e centeio. (evitar o milho, pela sua alta carga glicêmica)
  • Pseudocereais: quinoa e chia;
  • Vegetais não glicêmicos: folhas verdes, brócolis, quiabo, berinjela, abobrinha, aspargos, cebola, chuchu, couve flor, cenoura, aipo, rabanete, pimentão, repolho, tomate (evitar batata, beterraba, mandioca, inhame).
  • Frutas: comer a maior variedade possível, especialmente de frutas com baixa carga glicêmica (comer quantidades moderadas de ameixa, pêssego, mamão, banana, figo e uva).

Banner de divulgação do ebook sobre câncer

4- Evitar o consumo de fast food e alimentos processados ricos em gordura e carboidratos

Os alimentos industrializados, assim como os “fast foods”, são ricos em calorias e pobres em nutrientes. Portanto, devem ser consumidos esporadicamente e não fazerem parte do hábito alimentar da família.

5- Limitar o consumo de carne vermelha e processadas

Existem fortes evidências de que o consumo de carne vermelha e carnes processadas aumenta o risco de câncer colorretal.

Se consumida, a carne vermelha deve ser limitada a três porções por semana, totalizando 350 a 500 g (peso da carne cozida).

Carnes processadas são aquelas submetidas a métodos para modificar o sabor ou para melhorar a conservação como salgar, curar, fermentar ou defumar. São geralmente calóricas, ricas em sal e em substâncias carcinogênicas.

As carnes processadas devem ser evitadas ao máximo. Mesmo pequenas quantidades podem elevar o risco de câncer.

6- Limitar o consumo de bebidas com adição de açúcar

Bebidas como refrigerantes, energéticos, bebidas esportivas, água com sabor, sucos industrializados, café e chá adoçados com açúcares contribuem para a obesidade, cáries e aumentam o risco de vários tipos de câncer.

Bebidas contendo adoçantes artificiais não são recomendadas, porém, não há evidências de que estejam associadas a um maior risco de câncer.

7- Limitar o consumo de bebidas alcoólicas

O consumo de álcool, mesmo em pequenas quantidades, está associado a vários tipos de câncer.

Alguns estudos sugerem que pequenas doses diárias de álcool reduzem o risco de doenças cardiovasculares. Apesar disso, seu consumo não é recomendado pelos especialistas.

8- Não usar suplementos com o objetivo de prevenir o câncer

Para a maioria das pessoas, uma dieta rica e variada supre a necessidade total de nutrientes e exerce seu papel na prevenção do câncer. Não há vantagem adicional em consumir suplementos industrializados.

9- Para as mães: amamentem seus bebês!

Amamentar traz benefícios incríveis para mãe e filho. Um deles é reduzir o risco da mãe desenvolver câncer de mama.

Além disso, o bebê em aleitamento materno desenvolve mais rápido seu sistema imunológico e está protegido de infecções. A criança tem menos chance de ser obesa na vida adulta, protegendo-a, assim, de vários tipos de câncer.

A recomendação é que o bebê seja amamentado no seio, exclusivamente, durante 6 meses. Após a introdução da alimentação complementar, manter o aleitamento, se possível, até os dois anos de idade.

10- Após o diagnóstico de câncer: seguir as recomendações da melhor forma possível

A qualidade de vida e sobrevivência de pacientes com câncer pode ser melhorada por meio de intervenções como dieta saudável, controle do peso, atividade física e apoio emocional.

Mudanças no estilo de vida podem reduzir a chance de doenças crônicas e o aparecimento de outro câncer, no futuro.

Quer saber mais?

Banner de divulgação do ebook sobre câncer

Nele estão descritos também os fatores específicos e regionais que, segundo o comitê, têm evidências de associação com o câncer, como:

  • altura e peso ao nascimento;
  • arsênico na água;
  • aflatoxinas;
  • chá mate;
  • alimentos preservados em sal;
  • café;
  • leite e derivados.

Enfim…

Recomendações sobre a prevenção do câncer e de outras doenças crônicas estão amplamente disponíveis em todo o mundo. Porém, muitas pessoas não têm acesso às informações ou não lhes dão a devida importância.

Portanto, ações para conscientização da população precisam partir do governo, dos profissionais de saúde e de cada um de nós. Compartilhe esse conteúdo com quem você ama. Juntos, iremos fazer a diferença na saúde e no bem-estar de muita gente!

Gostou do texto? Mantenha-se sempre atualizado sobre as melhores escolhas para a sua vida com o nosso Blog e redes sociais (Facebook, Instagram e Twitter)! Estamos te esperando.