Cachorro Boxer na grama em posição de alerta

Dra. Beatriz Terenzi

O boxer é um cachorro de coloração castanho-avermelhado, amarelado, caramelo ou preto, com as patas, peito e focinho brancos. Apesar da cara de atrapalhado e porte grande, ele é extremamente inteligente. A casa ideal para ele deve ser espaçosa e contar com terreno externo. Mas, amigão que é, o boxer também gosta de passar um tempo dentro de casa com seus donos!

Origem/história

O boxer surgiu da cruza entre o bullenbeisser, cão alemão cujo nome significa touro (bullen) mordedor (beisser), e o mastiff inglês. A raça teve atuação como cão de guarda, cão boiadeiro, cão de guerra, cão-guia e lutador em competições caninas. Foi com o desempenho em um torneio do tipo que o boxer alcançou popularidade nos EUA, na década de 50.

Porte

  • Altura: 53 a 63 cm.
  • Peso: 20 a 35 kg.

Expectativa de vida

10 a 13 anos.

Cor

Castanho avermelhado ou amarelado, caramelo e preto. As patas, peito e focinho são brancos.

Existe, ainda, o boxer branco. Embora considerado em alguns países como albino, esse tipo não sofre de albinismo, já que possui pequenas manchas pretas no rosto e nas patas. A cor é provocada por uma outra deficiência genética.

O Clube Boxer da Alemanha não aceita o boxer branco como cor oficial e recomenda a não reprodução do tipo. Já a Confederação Brasileira de Cinofilia e a Sociedade Brasileira de Cinofilia emitem o pedigree para o boxer banco.

Pelagem

Apesar do pêlo curto, o Boxer precisa ser escovado com freqüência. Isso porque alguns pêlos se soltam e ficam pendurados, espetando o corpo do cão. O pêlo curto torna o boxer intolerante a frio.

Higiene

  • Banhos: já que o pêlo do Boxer é curto, ele pode ser banhado quinzenalmente, dependendo do seu habitat. A raça tem predisposição a desenvolver alergias de pele, então é bom ficar atento a focinho, orelha, olhos e patas.
  • Unhas: as unhas do boxer são fortes. O ideal é que seus passeios e o ambiente em que ele vive ajudem a desgastá-las. Se não for o caso, suas unhas devem ser cortadas mensalmente.
  • Dentes: outra tendência do Boxer é desenvolver problemas na gengiva. Por isso os dentes precisam ser escovados semanalmente.

Saúde

O boxer tem predisposição a desenvolver:

  • câncer;
  • hipotireoidismo;
  • displasia da anca;
  • cardiomiopatia: principalmente a do tipo arritmogênica do ventrículo direito;
  • epilepsia;
  • torção gástrica;
  • entrópio: má formação da pálpebra ;
  • alergia;
  • problemas intestinais.

Comportamento

Apesar da cara de atrapalhado, o Boxer é extremamente inteligente. E apesar do tamanho, super brincalhão! Sempre equilibrado, não tem manifestações extremas. Nem de apatia, nem de euforia. Suas principais características comportamentais são:

  • corajoso;
  • protetor;
  • dócil;
  • aprende com rapidez os comandos, mas pode ser teimoso;
  • gosta de impressionar a família;
  • adora brincadeiras, mas pode machucar sem querer, devido ao porte;
  • normalmente se dá bem com outros animais.

Alimentação

  • Após o desmame, introduzir alimentos moles.
  • Entre 3 e 6 meses: 100 gramas de ração 3x ao dia.
  • A partir de 6 meses: 80 gramas 2x ao dia.

Após 1 ano de idade, é recomendado que o boxer continue comendo porções de 80 gramas por duas vezes diariamente. Porém, a quantidade de refeições é variável. Consulte um veterinário, ele irá orientar o número ideal com base nas condições do seu animal. É recomendável, para o consumo do boxer, ração seca que possua, entre seus ingredientes, verduras, carne e baixo nível de carboidratos.

A raça tem predisposição a obesidade e torção gástrica, por isso o controle do tamanho das porções é importante.

Passeios e exercícios

O boxer precisa de passeios frequentes. Mas não basta a caminhada! Exercícios e brincadeiras que gastem energia são importantes para que ele evite obesidade e ansiedade.

Espaço e habitat

O boxer pode ficar estressado em ambientes muito quentes, podendo desenvolver problemas respiratórios e cardíacos. Então, a casa ideal para ele deve ser espaçosa e contar com terreno externo. Mas, amigão que é, o boxer também gosta de passar um tempo dentro de casa com seus donos!

Meu dono ideal sabe que:

  • Sou grande mas não sou violento. Não me trate com agressividade!
  • Sou um pouco teimoso, mas é só me dar carinho que eu aprendo tudo rapidinho!
  • Preciso de espaço mas detesto solidão. Gosta de dar e receber carinho.
  • Preciso de passeios e exercícios regularmente!

Gostou do texto? Visite a editoria Saúde do Animal e saiba como manter a saúde do seu melhor amigo. Nossos veterinários e especialistas têm muito para contribuir. Acesse, também, nosso Facebook, Instagram e Twitter para ficar por dentro de tudo sobre o universo pet.