gato american shorthair

Dra. Beatriz Terenzi

O American Shorthair é daqueles gatos asseados, que adoram limpar a si próprios frequentemente. De porte médio, é uma boa opção para se ter em apartamentos, além de ser bastante brincalhão, curioso e afetuoso. É cheio de disposição, adora crianças e se dá muito bem com outras raças e espécies de animais. Aprende com facilidade e é uma excelente companhia.

De pelagem curta, dá pouco trabalho quando o assunto envolve seus cuidados, e apresenta poucos problemas genéticos.

História

Acredita-se que o American Shorthair tenha ido para os EUA junto com os colonizadores ingleses. Usada para caça nos campos e celeiros no séculos XVII, também desenvolveu personalidade inteligente e extremamente leal. Isso tudo levou a raça a ser chamada de Domestic Shorthair nos anos 60.

Reconhecido com o nome American Shorthair apenas em 1980, foi a 7ª raça mais popular nos EUA em 2012, segundo o Cat Fanciers’ Association.

Porte

Tamanho: 20 a 40 cm
Peso: 5 a 7 kg

Pelagem

Como descrito no nome, essa raça tem pelo curto, o que facilita os cuidados. Eles se dão bem em climas quentes – daí a popularidade no Brasil. Recomenda-se escovações semanais.

O American Shorthair pode, ainda, pode ser tigrado, pintado e malhado – às vezes, lembrando um casco de tartaruga, e em cores como preto, branco, prata, creme, cinza, amarelado e marrom.

Expectativa de vida

15 a 20 anos.

Banho

O American Shorthair é daqueles gatos asseados, que adoram limpar a si próprios frequentemente. Os banhos podem ser moderados e os cuidados devem seguir as seguintes práticas:

  • banhos mensais;
  • unhas devem ser cortadas a cada 15 dias;
  • dentes precisam ser escovados duas vezes por semana;
  • ao invés de cotonete, que pode machucar, use pano embebido em água morna para limpar as orelhas;
  • atenção para a limpeza dos olhos para evitar infecções.

Alimentação

Essa raça apresenta tendência à obesidade, então é necessário controlar sua dieta e estimular exercícios.

Rações úmidas são mais fáceis de serem digeridas, porém, estragam com maior facilidade. Além disso, se forem ingeridas em excesso, levam à diarréia e à obesidade.

Já o consumo de rações secas deve ser compensado com uma hidratação rigorosa, para evitar os problemas causados pela pouca água no organismo – entre os quais a insuficiência renal.

Caso o gato seja castrado, a dieta deve ser controlada para impedir o aumento de peso. Gatos idosos merecem atenção especial quanto à glicose e água.

  • Filhote: 30 a 60 gramas de ração por dia;
  • adultos: 40 a 80 gramas/dia;
  • idosos: a dose diária deve ser controlada de acordo com idade e peso do animal.

Atenção para a oferta constante de água para o felino – se possível, água corrente. Ela evita, entre outros problemas, doenças renais que podem aparecer na idade avançada. O ideal é consultar um veterinário no mínimo anualmente. O especialista irá te orientar a respeito das necessidades nutricionais e demais cuidados para cada fase do seu bichano.

Saúde

A herança dos ancestrais caçadores deu a essa raça muita força e resistência. O American Shorthair apresenta poucos problemas genéticos. Apenas a cardiomiopatia hipertrófica aparece com um pouco mais de frequência nele. Trata-se de uma doença relativamente comum em animais idosos. Não pode ser curada, mas, se diagnosticada precocemente e bem tratada, tem seus sinais controlados, reduzindo danos à saúde do gato.

Os principais sinais da cardiomiopatia hipertrófica são:

  • falta de apetite;
  • cansaço extremo;
  • dificuldade nos movimentos, principalmente das patas traseiras;
  • dificuldades respiratórias;
  • desmaios.

Caso seu American Shorthair apresente algum desses sinais, procure um veterinário urgentemente. O exame de ecocardiograma irá identificar se o gatinho está sofrendo dessa doença.

Habitat

O American Shorthair não é exatamente um gato tranquilo. Ele gosta de correr, pular, subir nas coisas e brincar bastante. A raça se adapta a apartamento, mas precisa de espaços para essas atividades. O ideal é brincar com ele e manter brinquedos sempre à disposição para o bem da sua saúde mental e física.

Comportamento

Brincalhão, curioso e afetuoso. O American Shorthair é cheio de disposição e carinho. Adora crianças e se dá muito bem com outras raças e espécies de animais. Aprende com facilidade comandos e brincadeiras. Ele mia em casos de extrema necessidade, quando precisa chamar a atenção.

Gostou do texto? Visite a editoria Saúde do Animal e saiba como manter a saúde do seu melhor amigo. Nossos veterinários e especialistas têm muito para contribuir. Acesse, também, nosso Facebook, Instagram e Twitter para ficar por dentro de tudo sobre o universo pet.