Cadela deitada no chão com expressão apática por causa de piometra

Dr. Emanuel Araujo

Piometra é um processo inflamatório do útero, caracterizado pelo acúmulo de secreção purulenta no lúmen uterino. Em outras palavras: é a presença de pus no útero do seu pet. É uma patologia muito comum nas cadelas e, apesar de raro, pode acometer gatas também.

Ela ocorre comumente na fase estral, que ocorre após o cio. O tecido que reveste o interior do útero, devido a uma estimulação hormonal repetitiva de progesterona, sofre uma hiperplasia. Esta, por sua vez, diminui a contratilidade uterina, predispondo a um acúmulo de líquido no interior do órgão e, consequentemente, à multiplicação de bactérias oriundas da própria vagina.

A Piometra pode se apresentar de duas formas:

  • aberta, na qual ocorre secreção vulvar, e fechada, sem secreção vulvar. A segunda é mais grave porque o útero estará distendido e suas paredes poderão estar delgadas, aumentando as chances de sepse e até mesmo ruptura uterina.

Além disso, como a Piometra fechada não apresenta secreção, o tutor só suspeita de alguma alteração na cadela quando o animal apresentar alterações VERDADEIRAMENTE visíveis em seu comportamento.

Os sinais clínicos da piometra são:

  • apatia;
  • anorexia;
  • vômitos;
  • secreção vulvar (em casos de piometra aberta);
  • em casos mais graves, pode avançar para insuficiência renal aguda, choque, sepse e morte.

Diagnóstico

O veterinário consegue diagnosticar piometra por meio do histórico do pet, assim como com alguns exames (hemograma e ultrassonografia).

Tratamento

O tratamento mais seguro para o pet é a ovariosalpingohisterectomia (castração), antibioticoterapia e internação para correção dos desequilíbrios causado pela doença.

Atenção: a ocorrência de piometra em gatas, na maioria das vezes, é provocada pelo uso de anticoncepcionais, também conhecidos como anti-cios. Estas medicações possuem uma grande quantidade hormonal, proporcionando hiperplasia endometrial e, consequentemente, aumentando as chances da ocorrência dessa patologia. Por isso, não é recomendado a utilização destes métodos contraceptivos para os gatos e cães.

Enfim…

Sempre que seu pet apresentar alterações como corrimento vulvar, apatia, anorexia e vômitos, procure imediatamente um médico veterinário para diagnóstico e tratamento adequado. A identificação precoce dessa doença pode salvar a vida do seu cão ou gato.

Gostou do texto? Leia a nossa matéria “Demência em cães: sinais, diagnóstico e tratamentos” para mais informações sobre o mesmo assunto.

Visite a editoria Saúde do Animal e saiba como manter a saúde do seu melhor amigo. Nossos veterinários têm muito para contribuir. Acesse, também, nosso Facebook, Instagram e Twitter para ficar por dentro de tudo sobre o universo pet.